segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Presente para quem?

Na manhã de 26 de Dezembro quando, como de hábito, o Custódio foi colocar frutas pros pássaros que visitam o nosso quintal, deu com uma maritaca ciscando por ali. Aproximou-se e ela continuou lá. Fato estranho porque elas costumam fugir imediatamente e aos gritos. Chegou muito perto, ofereceu banana e o bichinho comeu.

Depois chegaram os outros pássaros e aquela maritaca foi esconder-se entre as folhas das árvores, folhas que comia avidamente, ainda que não façam parte da dieta de tais avezinhas.


Muito, mas muito pequena e assim mansa, pensamos tratar-se de um bebê e evidentemente, precisando de ajuda. Foi muito fácil pegá-la. Na verdade, entre as mãos do Custódio, sem susto, serenamente, ela continuou... comendo. E foi também o que fez, por horas a fio, dentro da gaiola onde a colocamos. Ela veio “com uma fome de anteontem”!!!


Urgência veterinária!!! E lá foi a pequenina conhecer o “pediatra” do Léo e então soubemos que a Natália Aparecida, ou Natalino, diferente do que pensávamos, não é filhote e sim um(a) adolescente, com certeza fugido(a) de alguma gaiola. O corpo coberto de piolhos, as penas muito judiadas e a fome louca, dão a certeza de que estava perdido há muitos dias.


Pequeno demais pra espécie, ainda menor do que a Lili, sob seus 70g, parece não ter sido alimentado adequadamente, cabeçudo e feinho de dar dó, nós adotamos o bichinho. Bem que tentamos achar o dono, fomos pra rua na esperança de encontrar alguém procurando uma maritaca perdida, perguntamos na avicultura do bairro e... nada.

Agora ele, ou ela (saberemos com o resultado do teste de DNA) é nosso. Livre dos piolhos, banhado e alimentado, está de quarentena, longe da Lili e do Léo – este já desconfiado e muito irritado – e estamos procurando conhecê-lo, observando como se comporta já que, em quarenta dias, será integrado à nossa turminha alada.

Quando comentei com o Custódio que foi Papa Noel quem o presenteou com o(a) Nat, ele concordou: “Foi sim, o Papai Noel dele!!”

11 comentários:

sulapiesan disse...

Ai, ai, ai, que sorte teve ele ou ela indo parar nessa casa onde as aves reinam. Já sei que a ciumeira vai ser grande também, mas que com tanto amor aí distribuido, neinguém vai ficar no prejuízo. Imagino a realização do Custódio vendo afinal seu banquete sendo aceito. Vocês fizeram por merecer o presente! Agora é torcer pra turma do fujão ou fujona não aparecer fazendo o que mais sabem ...muito barulho.

Feliz ano novo pra todos!

Fernando disse...

Não acredito Helô!!!
Vocês vão abrir um Hotel em breve.
Alado Palace.
O que importa é que o mocinho(a) (aposto em mocinho por ser tampinha demais) será muito bem cuidado.
O Custódio está certo, foi o Papai Noel dele que preparou o presente. E o anjo da guarda deste barulhento que tomou conta.
Parece minha mãe. Olhe lá em...
Ela começou com 1 coitadinho de um gatinho e agora tem mais de 10 rsss.
Bjs e um ótimo 2009.
AH! Quando será o chá de bebê? rsss

Nívia disse...

Que coisa maluca!!!!!!!mas, é bonitinho demais,né?Pensando bem , Nat é bem legal.... já q não se sabe o sexo...
Quando eu digo que as coisas com a gente são diferentes kkkkkkkk.....
Beijo e boa sorte!(o Léo vai te matar)

Paula disse...

Ah! Que gracinha! Pobrezinha da Lili. Agora tem um segundo pra disputar atenção. E ele ou ela vai ter uma gaiolinha própria?

Simone disse...

Que belo presente de Natal, mais uma belezinha para voces cuidarem
Daqui a pouco voces vão abrir um aviario. Agora eu vou precisar ir conhecer o novo membro da familia.
Aproveito para desejar um bom ano novo, muita saude e paz.
Simone

Helô Dondon disse...

Suely
Não vamos precisar da turminha toda, ele sozinho já faz uma barulheira louca! Hehe


Eu também acho que ele tem cara de menininho...vamos ver!
Sei do risco e tomo o maior cuidado. Não entro mais numa loja de pássaros e nem respondi a uma conhecida Orkut que me ofereceu a arara dela (a Bela) porque não pode mais cuidar. Mas o cara despencou aqui!!!!!!! Fazer o que? Rs
Chá de bebê???!!! Kkkkkkkkkkkk

Nívia
hehehehe Se tivéssemos planejado, comprado o bichinho, assim... normalmente, eu não seria uma legítima representante Fenerich.
Quanto ao Léo, pedi socorro correndo pra terapeuta floral dele e já está tomando a nova fórmula pra aguentar a novidade sem sofrer... nem nos matar!

Paula
Uma gaiolinha ele já ganhou. Por enquanto tem que ser pequena pra que a gente consiga transportar entre o quintal e a área de serviço. Passada a quarentena, ganha uma gaiolona! Hehe

Si
Oba! Venha mesmo!!! Quando???!!!

Beijos

Plínio disse...

E o bichinho continua comendo como um louco, falta um parafuso para regular o apetite!

Ganhei mais esse irmãozinho, acho que terei crise de ciúmes junto com o Léo! hehehehe

Beijos, mamãe!

Angelah disse...

Estou encantada com teu blog.
Bjs

Alvaro disse...

Eu to voltando e morrendo de inveja por não poder fazer coisas assim. Já trouxe pra casa tres gatinhos recem nascidos e abandonados. Só um "vingou", na mamadeira e papinha na boca: o Oujei (O.J.Simpson), mas tive que me livrar dele pq o cão não gostou da idéia e no outro apartamento, que era bem menor q este, não cabiam os dois rssss
Trouxe também um bem-te-vi e um beija-flor, mas ambos estavam mal e morreram logo.

Alvaro Cavichioli disse...

Eu concedi ao seu blog o selo do Blog Dorado. No Voltameg tem o post explicativo.

caforjaz disse...

e como está a maritaca ? é ele ou ela ?