domingo, 18 de julho de 2010

Você já foi a Ubatuba?

 
     Pena que esfriou, choveu e prometia permanecer assim por vários dias, senão teríamos ficado mais, com chuva e tudo. Ubatuba molhada é chatíssima, mas se você estiver hospedado da pousada da Graça, é muito mais gostoso.
      Vivenda do Flamboyant, se você não conhece, na primeira oportunidade, vá. Se você conhece, volte. Tudo limpíssimo e suavemente perfumado. Esqueça aquele cheirinho de mofo tão freqüente nas casas de praia.
      Café da manhã delicioso, farto, que agrada ao paladar e aos olhos. Sobre a mesa é tudo perfeito em cada detalhe: pães, bolos e frutas cuidadosamente arrumados em cestas e pratos, jarras de sucos sobre pratinhos enfeitados com toalhinhas, combinando com o acabamento do tule que as cobre e mesas decoradas com gosto e capricho. Mas tem uma coisa: Graça, banana frita e doce de abacaxi com canela, é quase maldade!
      Está certo que não sou uma pessoa muito “viajada”, mas conheço algumas acomodações pelo país afora, até umas poucas muito estreladas e garanto que nada é como a pousada da Graça. Tais hotéis oferecem, e você paga por eles, uma série de serviços dos quais ninguém precisa.
      Bem, eu não, mas talvez você goste de malhar, precise arrumar os cabelos ou as unhas ou de repente, uma dorzinha chata e você necessite de uma massagem. É só falar com o pessoal lá e um profissional vai até a pousada para atendê-lo. Se uma esteira e uma pequena piscina forem suficientes, você as tem à sua disposição.
      Pra mim, tem tudo: internet sem fio, pra conctar o note no apartamento; muitos DVDs e uma  boa biblioteca.
      Os jardins são sempre bem cuidados, e toda a pousada é decorada com gosto e carinho: mil enfeitezinhos caprichosamente colocados por todos os cantos, formando um todo delicado e agradável.
      Você ainda vai se divertir com as aves: os papagaios Joca e Noca e as calopsitas namoradeiras.
      Uma última dica: não perca o banho da Noca! É interessantíssimo!

3 comentários:

Graça disse...

Todo ano,na baixa temporada,principalmente se houver chuva continua e friozinho,eu me pergunto:
-O que e que eu estou fazendo aqui????
E dou umas escapulidas para a cidade grande, afim de esquecer a imensa tranquilidade que cai sobre a cidade de Ubatuba nessa epoca.
Mas,eis que num desses tranquilos dias,"pinta" um telefonema de hospedes que viraram amigos,reservando alguns dias para descansar....E eis que me aparecem,
a doce e meiga Helo e seu "namorido" Custodio (um gatao de olhos francos e azuis)
E nesse momento penso que, nao devo realmente fechar minhas portas,e nem abandonar a pousada, independente do tempo que faça em Ubatuba,pois dessa maneira nao teria o prazer de receber casal tao querido...
Helo, tudo na pousada foi feito realmente com muito carinho,mas nao sao todas as pessoas que conseguem enxergar essa beleza! Precisa ser sensivel e delicada como voce....E foi para gente assim que eu procuro acertar nos detalhes...Noca,Joca (os papagaios
escandalosos)PrinceII (a calopsitacria da casa) e as outras duas calopsitas namoradeiras agradecem a lembrança e Eu Simplesmente agradeço a pousada ter me dado a oportunidade de ter amigos como voces!Um grande beijo amiga e volte sempre....prometo sempre estar aqui para ter o prazer de recebe-los!!!!!!!!!

Beatriz disse...

Eu que também conheço a pousada da Graça, assino embaixo de tudo o que a Helô falou. E ainda acrescento outro detalhe: a localização. Não só por ficar pertíssimo da praia, como também por ficar no Lázaro, entre duas outras belas praias, a Sununga e a Domingas Dias, que podem ser alcançadas com uma simples caminhada pela areia e a beira-mar.
Depois que conhecemos a pousada e a própria Graça, ficou difícil pensar em Ubatuba sem associar a cidade a esta pousada tão gostosa e acolhedora.

Jana disse...

Nunca fui a Ubatuba, mais quando for, vou me hospedar nesta pousada,
com certeza, depois desses comentários e foto do lugar, lindo.
Amei!!!
Beijinhos...