quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Olha quem está falando também

Pensei em escrever sobre o Léo só quando pudesse provar o que tenho pra contar, mas o cara é muito difícil: fotografar é uma aventura, ele não para quieto e por menor que seja a velocidade que a gente escolha, a foto sai tremida e escura demais; diante de uma filmadora fica estático e muito desconfiado e quando ligo o gravador e imploro ansiosamente pra que fale, ele emudece.
Correndo o risco de ser chamada de louca ou pior, mentirosa, a partir de agora, o Léo entra nas historinhas aqui... ou melhor, entram: a Lili também.
Ele é um lindo macho de arara canindé; ela, uma calopsita loirinha e eu duvido que alguém não soubesse.
Há quatro anos, quando compramos o Léo, devidamente anilhado e registrado, a Lili tinha seis ou sete meses e já ensaiava imitações dos pássaros que cantam no quintal. “bem te vi” até que saía bastante bem.


Ele chegou e ela nunca mais disse nada diferente de “piu". Um piu tão insistente que o Léo – e este fala e conversa muito – costuma perder a paciência e reclamar: “Pára!!! Não pode piu!!! Chato!”
No finalzinho de junho, o Léo ficou doente, muito doente. Vítima de uma infecção bacteriana crônica e severa, só não o perdemos porque pudemos proporcionar cuidados veterinários intensos e profundamente... estressantes.
Mais de trinta picadas de injeção em quinze dias, num corpinho de um quilo. Que judiação!!!
Um tanto por conta das bactérias instaladas na traquéia, outro pela tortura a que foi submetido, o Léo parou de falar. Mais de um mês e nem uma palavrinha sequer. Ô silêncio dolorido!
Hoje, completamente curado (assim esperamos), a voz está voltando aos poucos e o muito legal é que agora temos dois psitacídeos falantes porque a rainha do “piu” desandou a falar também.
Como e por que, aos quatro anos e meio de idade, essa avezinha resolveu falar?
Talvez de alguma forma a loquacidade do Léo a intimidasse ou, quem sabe, fosse ele o elemento falante do bando (eles obedecem a uma rigorosa hierarquia) e quando se calou, ela teve que assumir a função. Não sei e acho que nunca saberemos, mas estamos adorando!!!!

17 comentários:

sulapiesan disse...

Lindos? Põe lindos nisso, minha amiga.(Aqui um particular, que me perdoem teus leitores)

Não sei se parabenizo primeiro as estrelas das fotos ou a fotógrafa que só tem um defeito: é modesta, modestíssima.

Tô muito feliz com a alegria que voltou a tua casa, agora repleta de sonoridade desses filhotes alados e amados, e por ter você escrevendo cada vez melhor pra nós aqui neste espaço.

Sou sua fã, já te disse isso?

Grande beijo

Helô Dondon disse...

Suely
O elogio ao meu texto, eu agradeço (obrigada amiga querida), ainda que lendo certos autores fique até meio envergonhada (bem... outros fazem com que eu me sinta quase uma escritora...hehehe} mas, quanto às fotos, tenho que encaminhar o seu comentário pro verdadeiro fotógrafo. Elas são do Plínio e a do Léo está mesmo muito boa. A Lili é difícil demais, parece que ensaia o ano todo pra sair de passista na Unidos do Penacho, no carnaval! rs

Fanzice recíproca.
Beijos

Plínio disse...

Meus irmãozinhos alados são mesmo umas gracinhas! E o Léo um "Chaaato" que vive implicando com a coitadinha da Lili.

Aproveito para testemunhar, o Léo fala, canta, dança e assiste televisão. Está até começando a aprender matemática! rs
Pode parecer maluquice mas ele tem muitos comportamentos humanos sim, em suas falas ele conjuga verbos, constrói frases que nunca ouviu, entre outras humanices. Uma belezinha!

Já a Lili tem a fala limitada, e não se esforça, ou não se esforçava até pouco tempo, para desenvolver essa habilidade, mas é uma menina muito bonitinha!

Mas acho que melhor que ver a alegria e os feitos desses bichinhos é assistir à felicidade do papai, os olhos brilham e um sorriso lindo se abre quando ele encontra, conversa, cuida ou brinca com esses tilhinhos que ele tanto gosta.

Quanto às fotos, estão "meia-boca", é impossível fotografá-los dentro de casa por conta da pouca iluminação e fotos através de gaiola são muito sem graça.

Beijo, mamãe!

Lili disse...

Bilu.
Tchá!
Piu, piu, piu!

Plínio disse...

Faltou comentar que a verdadeira professora de canto, fonoaudióloga e coreógrafa do Léo é a Helô.

Mamãe que ensina tudo ao Léo, é da voz dela que ele mais gosta e tem maior facilidade de entender. Mamãe é cuidadosa no ensinamento e não permite que ele aprenda palavras feias, agressivas ou palavrões, ele é uma arara de fala muito educada.

Neusa disse...

GRANDE LILI
Assim como algumas mulheres de grandes estadistas, Lili se manteve à sombra, deixando que Leo brilhasse.Tão logo ele "fraquejou" ela ocupou o espaço e deu conta do recado.Intimamente ela devia cantarolar"ele é quem quer, ele é o homem, eu sou apenas uma mulher".Pode até ser que ela a partir de agora fale menos ou volte a emudecer. Intimidação? Jamais.Esta menina já disse á que veio:não precisa provar mais nada.Vai deixar o Leo se exibir sozinho prá provar que é macho rsss
quanto aos textos de Helô, sempre maravilhosos. Não é à toa que largo tudo quando vejo que tem e-mail dela. Parabéns minha amiga.

Paula disse...

Tia Helô,

Pode não parecer mas eu leio sempre seu blog. De qualquer forma entendo que de fato não tem como vc saber se eu nunca posto um comentário.
Então aqui estou eu!

Quanto às aves, só acreditando em vcs mesmo! Pq na nossa presença a único coisa que o Leléo faz é gritar. E muito! A Lili tb não tem falado na frente de estranhos?

Beatriz disse...

Fiquei duplamente surpresa ao descobrir que calopsita fala e que a Lili está falando também...

E Plínio, você é um fotógrafo muito exigente, porque as fotos ficaram ótimas!

Paula Merlos disse...

helo ! eeu nunca deixei de entraar no seu blog , parei só por um tempo mínimo pq o comptador não estava funcionando devidamente e porque me desaponteei ao tentar solucionar seu joguinho de lógiica ! eu adoro resolvê-los e quando vi nao tive a menor dúvida , passei horas me esforçando e não cheguei a um resultado satisfatóorio ! mais já estou de volta ! hieaoeaioeiaoheiah
saudades
beiijos ;*

miriam disse...

Pois é Helo, tb.tenho uma calopisita que se chama Catarina, ganhei de presente da Carolina e da Bia no meu aniversário pois o meu agaponi Arthur fugiu e deixou a Sophia outra agaponi viuva e nervosa, só que elas não se dão muito bem . A Cat é igual a sua Lili e muito doce , o dia todo me da beijo mas não fala, só ao amanhecer para me acordar, depois disso .... mudez. Espero que um dia ela tb. dispare a cantar, pois Sophia me enlouquece de tanto que pia e bica Bom enfim , assim mesmo amo meus bichinhos.Beijos e Saudades

Helô Dondon disse...

Plínio
O muito legal é que entre tantos comportamentos humanos, ele faz muita “ararice” engraçadinha!!!

Neusa
É verdade, agora que o Léo voltou a falar cada dia um pouquinho melhor, a Lili retornou ao seu habitual “piu”. Tenho que dar mais atenção a ela.
Intimidação, acho que nunca foi mesmo, até porque a Lili nem liga pras broncas, como se não fosse com ela. hehe

Paula, a sobrinha
Ainda bem que vocês sabem que eu não sou mentirosa, porque, tenho que concordar, diante de estranhos o Léo só grita e fica muito desconfiado.
A Lili também, pras pessoas com as quais não tem muita intimidade, ela só escreve! hehehehehe

Beatriz
Calopsitas têm a fala muito limitada e a maioria apenas aprende a assobiar, coisa que nenhum de nós aqui é capaz. A Lili também nos surpreendeu!

Paula, a prima
Menina, você tentou!!!!!! Que legal! Vou enviar a solução, passo a passo por e-mail. E você abre só se não quiser tentar mais, tá?
Saudade também, faz muito tempo que não vou praí!

Miriam
Catarina é um lindo nome pruma avezinha, eu achei.
Olha, existe a venda, uns CDs próprios pra ensinar calopsitas a cantar. Mas cuidado, a Lígia minha prima, teve uma que infelizmente fugiu que, por conta de um desses CDs, assobiava o Hino Nacional o dia inteiro, e madrugada afora, até deixar todo mundo maluco! Sorrindo
Saudade também, precisamos marcar o encontro prometido.

Muitos beijos.

Nívia disse...

Pobre Lili.... resolveu falar porque se sentiu diminuida! depois do vexame do Léo!!!! que bom estarem todos bem... cá entre nós...só faltava isso mesmo! em matéria de saúde vcs estão numa fase boa, né? credo... que medo kkkkk, mas, tudo passa e isso nós sabemos muito bem.. bjo amor

Filipe disse...

Que maravilhoso, Helô!
Quero ver essa menininha falando! Grande e guerreiro Leléo!

Nós aqui infelizmente perdemos a Shamu (veja no TeresaSocialClub), mas ler o seu post logo hoje, no dia, é muito reconfortante! Obrigado! Já chorei bastante hoje, e agora estou dando boas risadas de alegria. Tardias, é verdade... hahahaha

VIVA O LELÉO!!!
E A GRACINHA DA LILI, é claro

Helô Dondon disse...

Nívia
O comentário não tem o seu humor habitual. Estou preocupada com você. Muito!
Beijos querida

Filipe
A Lili falando, não sei, talvez você não veja... todos os dias, o Leléu fala um pouco mais e melhor e ela, cada vez menos. Acho provável que a loirinha não sinta necessidade desse tipo de comunicação e volte a ficar “na dela” assim que ele reassumir a função completamente. Lamento, mas é preciso respeitar.
Chorei lendo seu texto sobre a Shamu e tenho certeza que de a Teresa foi amada, no pouco contato que elas tiveram. A Teresa é a única pessoa que não pertence ao bando dele, com a qual o Léo fala espontaneamente. Eu me lembro de que, numa das vezes em que vocês estiveram aqui, ele a recebeu com um delicioso “meu amor!!!” e, se não sabe exatamente o que significa, sabe bem que a expressão agrada, enternece, deixa feliz, quem a ouve.
Ararão sabido, entende que a sua menininha linda e doce, não pode representar uma ameaça.
Beijos

gustavo disse...

que linddoo olha helo nem conheço o léo mas amei ele só de voçe falar dele e tadinho fikei com muita dó que ele ficou doentinho =( mas graças ao nosso grande deus fikou tudo bem :D ainda bem, e voçe escreve muito bem, mas o helo agora todos os seus psitacídeos falam? normalmente? e heloo olha da um recado pro léo ok? fala pra ele que eu gustavo amoooooooooo muitooooooooooooo eleeeee ta e que ele é super hiper triplo mega lindo,bonito e etc...e eu tambem quiria muito ver ele ^^ obrigado e parabens por essas graças de deus que voçe tem !!!

gustavo disse...

que linddoo olha helo nem conheço o léo mas amei ele só de voçe falar dele e tadinho fikei com muita dó que ele ficou doentinho =( mas graças ao nosso grande deus fikou tudo bem :D ainda bem, e voçe escreve muito bem, mas o helo agora todos os seus psitacídeos falam? normalmente? e heloo olha da um recado pro léo ok? fala pra ele que eu gustavo amoooooooooo muitooooooooooooo eleeeee ta e que ele é super hiper triplo mega lindo,bonito e etc...e eu tambem quiria muito ver ele ^^ obrigado e parabens por essas graças de deus que voçe tem !!!

gustavo disse...

que linddoo olha helo nem conheço o léo mas amei ele só de voçe falar dele e tadinho fikei com muita dó que ele ficou doentinho =( mas graças ao nosso grande deus fikou tudo bem :D ainda bem, e voçe escreve muito bem, mas o helo agora todos os seus psitacídeos falam? normalmente? e heloo olha da um recado pro léo ok? fala pra ele que eu gustavo amoooooooooo muitooooooooooooo eleeeee ta e que ele é super hiper triplo mega lindo,bonito e etc...e eu tambem quiria muito ver ele ^^ obrigado e parabens por essas graças de deus que voçe tem !!!